Alguns dos muitos desafios de Santa Luzia para o prefeito eleito neste mês

Alguns dos muitos desafios de Santa Luzia para o prefeito eleito neste mês
Um deles será eleito Prefeito da cidade no dia 24 e ficará à frente da Prefeitura até 2020

Luzias

Instalado o caos político e administrativo em nosso município, resta ao cidadão luziense a expectativa e – por que não? – a esperança de melhores dias com o resultado das eleições, definidas para este mês. Os desafios que o próximo prefeito terá de enfrentar estão aí, evidentes e clamando por soluções. Não é preciso se esforçar muito para que se enumerem alguns deles, tamanho tem sido o impacto que trazem ao cotidiano de todos.

A nova lei de uso e ocupação de solo, por exemplo, já começou a produzir seus efeitos nefastos, previstos, aliás, por toda a população, mas não pelo então chefe do executivo e pela Câmara de vereadores. Elaborada por urbanistas de fora, que desconhecem nossa realidade econômica e sociocultural, foi aprovada ao apagar das luzes de 2013, depois de ser “legitimada” por “audiências públicas” puramente teatrais, que ignoraram a participação popular.

O projeto original,encaminhado pelo prefeito, não teve sequer uma linha alterada, apesar dos protestos da população e da interferência, inclusive, do Ministério Público. Bairros antes notadamente residenciais perderam sua característica e já se notam neles atividades comerciais, predinhos e torres por todos os lados. Nem mesmo o centro histórico foi poupado. A cidade não tem infraestrutura para abrigar o grande contingente de novos moradores, como escolas, unidades de saúde e hospitais. O traçado das ruas não comporta mais o grande volume de veículos e a mobilidade urbana já está seriamente comprometida. A revisão dessa lei, devidamente discutida com a sociedade, é urgente, antes que o mal cresça ainda mais.

Sem qualquer estudo de impacto, conjuntos assim estão sendo construídos por toda parte na cidade

As ruas do município estão com vários trechos às escuras, com graves consequências para a segurança do cidadão luziense. As pessoas não se arriscam mais a sair de casa à noite. As lâmpadas queimadas nos postes se multiplicam sem a devida manutenção, fato que se arrasta há meses. Isso tudo em uma cidade onde a contribuição de custeio da iluminação pública é a mais alta de todo o estado de Minas Gerais. É importante deixar claro que o valor cobrado em nossa conta de energia elétrica para essa contribuição foi estabelecido pelo executivo, com a aprovação dos vereadores. Esse é mais um desafio para o novo prefeito: reduzir o valor cobrado e melhorar a prestação do serviço.

Santa Luzia já perdeu inúmeras oportunidades de dar bons exemplos a outros municípios do país, mas infelizmente se deixou levar por interesses contrários aos de seus moradores. A velha política do “toma lá, dá cá” ainda prevalece, e o cidadão fica refém de atitudes inescrupulosas daqueles que se julgam donos da verdade e da cidade. O município necessita de um prefeito que se preocupe em escolher uma equipe de técnicos especializados em suas áreas, de preferência de Santa Luzia, que sejam comprometidos com seu trabalho, e não de cabos eleitorais, amigos ou conhecidos vindos de outras cidades, sem habilidade para o exercício do cargo e sem qualquer conhecimento de nossa realidade. Necessita ainda de um prefeito que valorize a qualidade de vida de seus habitantes, com ações que privilegiem, principalmente, seu bem-estar.

O luziense já está cansado de ver sua cidade aparecer na mídia por causa de assaltos, assassinatos, tráfico de drogas, incêndio a ônibus e outras tantas mazelas sociais. É preciso que se mostre a Santa Luzia que todos queremos: uma cidade administrada por um político competente, que estimule o tão desejado desenvolvimento econômico, sem, contudo, sufocar o lado social. Um aspecto não exclui o outro. Tornar Santa Luzia uma cidade mais humana é também um desafio para o próximo prefeito. Uma cidade sobre a qual cada um de nós possa dizer, de coração aberto: “tenho orgulho de ser luziense!”

(Este texto foi enviado ao Luzias por um morador de Santa Luzia, que prefere se manter no anonimato. Envie o seu texto também sobre assuntos ligados à cidade: contat(o@luzias.com.br).

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

1 Comentário

  • Jane Teresinha Pascucci Costa
    23 de junho de 2018, 19:24

    Quem escreveu esse texto, falou exatamente o que nós luzienses precisamos. E tenho certeza de que o prefeito que ganhar, e se tiver garra, pode fazer essas mudanças. Basta querer, saber escolher quem vai estar vestindo a camisa junto com ele, pra fazer uma administração que seja transparente, séria e honesta.

    RESPONDA