Novo coronavírus faz SL voltar a adotar restrições no comércio a partir desta 2ª

Novo coronavírus faz SL voltar a adotar restrições no comércio a partir desta 2ª
Lojas de roupas poderão funcionar, porém em dias alternados com depósitos de material de construção, barbearias e salões de beleza Foto: Divulgação/Prefeitura de Santa Luzia

Luzias

As informações fornecidas pelas Secretaria Estadual de Saúde mostram que Santa Luzia tem neste domingo, 21 de junho, um total de 174 casos confirmados de covid-19, doença que já provocou a morte de quatro pessoas no município. Como a gente vê, as estatísticas só crescem. E é isso que levou o Prefeito Christiano Xavier a adotar, a partir de amanhã, medidas para restringir o funcionamento do comércio na cidade, como forma a diminuir o contingente de pessoas fora de casa.

Para que a estratégia dê certo, no entanto, é preciso maior conscientização de alguns estabelecimentos comerciais da importância da adoção das medidas sanitárias de proteção contra o novo coronavírus. E, principalmente das agências bancárias, que não orientam os correntistas e permitem que, nas filas, fiquem muito próximos uns dos outros. É o caso do Itaú. Como o banco fechou uma agência em São Benedito e outra na avenida Nossa Senhora do Carmo, perto do Banco do Brasil, tem se formado filas grandes na única agência aberta na cidade, na Rua do Comércio.

Na quinta-feira(18), correntistas do banco precisaram chamar a gerente para denunciar que não havia fila para idosos, a faixa etária que corre mais risco nessa pandemia.E pediram a ela que atendesse uma senhora com uma criança de colo sem máscara, há mais de uma hora de pé. A gerente explicou que o Itaú está atendendo aqueles correntistas considerados prioritários entre 9h e 10h da manhã. Fora desse horário, não havia o que fazer, pois seguia orientação do banco. A senhora (de pé) e o bebê permaneceram lá, correndo risco. Venceu a burocracia, a falta de bom senso.

Por isso, nós do Luzias acreditamos que além da cooperação da população – que deve permanecer em casa e,se precisar sair, usar sempre máscara e manter distância das outras pessoas -, para combater o vírus, vamos necessitar também da boa vontade e espírito de cooperação das instituições bancárias e lojas comerciais.

Uma senhora, carregando um bebê sem máscara, permaneceu de pé por mais de uma hora na porta do Itaú. Foto: Luzias

Veja o que abre e o que não abre nos próximos 15 dias, de acordo com determinação da Prefeitura, neste artigo de Gabriel Ronan para o Estado de Minas:

Com o comércio flexibilizado desde abril, a Prefeitura de Santa Luzia vai permitir o funcionamento apenas dos estabelecimentos essenciais a partir de segunda-feira (22). O novo decreto com regras atualizadas foi anunciado nesta sexta (19) pela cidade, onde 156 casos de COVID-19 foram confirmados até aqui, além de quatro mortes.

Alguns setores, como barbearias, salões de beleza, lojas de roupas e depósitos de materiais de construção, ainda poderão funcionar, porém em dias alternados.

Por outro lado, academias, bares e restaurantes deverão ficar fechados. Esses últimos, porém, poderão trabalhar com delivery.

As regras valem até 5 de julho. Neste período de tempo, parques, praças e quadras públicas também ficarão interditados.

Ao mesmo tempo, celebrações religiosas vão poder reunir no máximo 10 pessoas.

A prefeitura também orienta que quem faz parte do grupo de risco evite o transporte público nos horários de pico, no início da manhã e no fim da tarde.

Em nota, a prefeitura ressaltou que essas medidas poderão ter validade estendida caso necessário.

Informou, ainda, que haverá reforço na fiscalização por parte de agentes da Guarda Municipal e do Departamento de Fiscalização de Obras e Posturas.

“Conseguimos salvar milhares de empregos durante esse tempo (de flexibilização). Mas, infelizmente agora chegou o momento da gente enrijecer as nossas normas e contar, principalmente com o cidadão e comerciantes”, disse, por meio de vídeo postado nas redes sociais, o prefeito Christiano Xavier (PSD).

Leia trecho da nota divulgada pela Prefeitura na sexta-feira(19):

“Durante as duas próximas semanas só poderão funcionar todos os dias o comércio essencial, como farmácias, supermercados, padarias, postos de gasolina, entre outros. Indústrias, construção civil, transportadoras, bancos, lotéricas, clínicas e laboratórios podem funcionar de segunda a sábado. Quadras, parques e praças da cidade serão interditadas. A relação com todos os estabelecimentos e dias de funcionamento estará disponível no site da Prefeitura (www.santaluzia.mg.gov.br).

O novo decreto limita as atividades presenciais em igrejas e templos religiosos a no máximo 10 pessoas por evento, podendo ser realizadas transmissões ao vivo. Também está contraindicada a utilização do transporte coletivo urbano aos idosos que possuem direito à gratuidade tarifária entre 6h às 8h e das 17 às 19h. As regras em relação ao transporte coletivo permanecem as mesmas, acrescidas da disponibilização de dispensadores de álcool em gel para higienização de passageiros.

Durante essas duas semanas, a fiscalização será intensificada inclusive com carros de som e agentes de segurança.”

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply