Um sábado, no finalzinho de 2018, que os moradores de Santa Luzia não esquecerão

Um sábado, no finalzinho de 2018, que os moradores de Santa Luzia não esquecerão
Avenida Raul Teixeira da Costa, na área central de Santa Luzia, tomada pelas águas - Foto: Hoje em Dia

Luzias

O temporal que desabou sobre Santa Luzia neste sábado, 29 de dezembro, foi daqueles para ninguém esquecer. O céu, já fechado ao longo do dia, escureceu mais ainda e, de repente, a tarde terminando, desceu o aguaceiro, que inundou e provocou danos em tantas áreas da cidade. Felizmente, não houve mortos. Para se ter uma ideia da quantidade de água que caiu num período de cerca de 50 minutos, a Fonte dos Camelos ficou totalmente submersa (veja vídeo abaixo). Telefones emudeceram, Muros arrearam, buracos nas ruas aumentaram, casas inundaram, eletro-domésticos deixaram de funcionar e o asfalto cedeu em muitos pontos. A Avenida Raul Teixeira da Costa transformou-se em rio. No trecho mais abaixo, o chamado Córrego do Hospital saiu do leito, ameaçando as casas. A Avenida Beira Rio foi invadida. Áreas do Barreiro do Amaral ficaram submersas. Houve sérios problemas também na região de São Benedito, provocados pela tempestade. De acordo com a Rádio Itatiaia, a Prefeitura montou um gabinete de crise para acompanhar as consequências das chuvas. O verão acaba de chegar – 21 de dezembro – trazendo com ele o aumento do calor e temporais como o que vimos na noite de Natal e no dia 25. E a previsão do serviço de meteorologia é que vai chover mais.

Veja como ficou a Fonte dos Camelos, no vídeo feito por uma moradora do bairro:

Leia o artigo que Marcelo Ernesto escreveu para o Estado de Minas sobre o temporal que assustou Santa Luzia ontem:

As fortes chuvas que caem em Minas causaram estragos e alagamentos em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo informações da defesa civil da cidade, foram 52 ocorrências registradas na cidade desde a tarde desse sábado. Ainda de acordo com o orgão, na manhã deste domingo é feito o trabalho de limpeza das partes atingidas pela enxurrada.ba

O bairro Adeodato foi um dos mais atingidos pelo temporal:

Em nota, a Prefeitura de Santa Luzia informou que três equipes da defesa civil e quatro do Corpo de Bombeiros estão de plantão e trabalham para auxiliar as vítimas da enchente. Uma família teve que ser abrigada na Escola Municipal Maria das Graças Teixeira Braga, no Bairro São Francisco.

Veja a imagens aéreas do Corpo de Bombeiros mostrando a situação na área do Portal Beira Rio, às margens do Rio das Velhas:

Segundo a prefeitura da cidade, entre a tarde da última sexta-feira e esse sábado choveu 83 milímetros no município. Até o prédio da administração foi afetado pela enchente com prejuízos em vários setores.

“Devido a grande demanda de ocorrências, a Prefeitura está disponibilizando por meio da Secretaria de Obras várias máquinas nas ruas da cidade para fazer a limpeza das áreas mais críticas”, informou em comunicado.

Na Rua de Trás, próximo do Hospital de São João de Deus – Foto: Hoje em Dia

Na tarde de ontem, no Bairro Idulipê, uma pessoa idosa precisou ser resgatada na Rua Maria Piedade Vieira após ficar presa em casa devido ao volume de água. Segundo os bombeiros, ela foi retirada do imóvel com ajuda de vizinhos.G

Gente ilhada no Barreiro do Amaral. Veja o vídeo, feito por um morador:

Além disso, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no km 454, trevo de Santa Luzia, e no km 455, perto da ponte sobre o Rio das Velhas, a pista foi totalmente interditada por conta de um alagamento.

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply