Pressão contra crescimento desordenado e Prefeito promete revolucionar a saúde

Pressão contra crescimento desordenado e Prefeito promete revolucionar a saúde
Em frente o bairro Chácaras Santa Inês, perto da antiga Orthocrin, estão construindo prédios que não acabam mais

Luzias

Um grupo de luzienses se reuniu com os vereadores Suzane Duarte e César Lara Diniz, buscando iniciar um movimento para alterar a Lei de Uso e Ocupação do Solo de Santa Luzia, responsável pela verdadeira invasão da cidade por tantas construtoras, que vêm espalhando conjuntos habitacionais por todo lado, sem qualquer estudo de impacto de vizinhança.

Muitos destes conjuntos ainda estão inacabados. Mas quando todos estiverem prontos e forem ocupados, a cidade se tornará inviável. As construtoras chegam, erguem os prédios, vendem e vão embora. Até o ano passado, não era exigido delas qualquer contrapartida, como postos de saúde, escolas, áreas de recreação, vias mais largas, etc. Só em 2018, diante da calamidade, foi aprovada uma lei com exigências para a empresa que quiser fazer qualquer construção na cidade.

Numa rua estreita do bairro Chácaras Santa Inês: prédios a perder de vista

O descalabro começou em 2014. No ano anterior, enquanto a população luziense estava entretida com a preparação do Natal, foi convocada uma sessão extraordinária da Câmara Municipal, cujo presidente era Pedro Damião, ou Pedro de Teco, e, acredite, num sábado, 23 de dezembro, o Prefeito Carlos Calixto, proprietário de tantas terras na cidade, conseguiu que os vereadores aprovassem profundas alterações no Plano de Uso e Ocupação do solo de Santa Luzia. Apenas os vereadores Suzane Duarte e Davi Martins votaram contra o projeto, por vislumbrarem o que aconteceria com a cidade.

Todos os outros 13 vereadores votaram a favor do projeto que está inviabilizando Santa Luzia. No total, são 17 vereadores.O presidente da Câmara não vota, e, nessa época, a vereadora Luiza do Hospital estava de licença. Os que votaram pela aprovação foram: Ticaca, Sandro Coelho, Lacy Dias, Ailton Gomes, Carlos Augusto Freire Almeida,Emilia Alves da Cruz, Geraldo Vidal Filho, Gilberto Maia, João Rodrigues dos Santos, Pastor Leandro, Márcio figueiredo, Maria Dirce dos Santos e Raimundo Pereira de Almeida. Alguns deles, como Lacy Dias, que articulou tudo, nem estão mais na Câmara – não foram reeleitos.

Nos fundos da antiga Fazenda da Baronesa, a Tenda construiu um mega conjunto habitacional

O desprezo pelo bom senso foi tamanho, que uma empresa já se preparava para construir na antiga fazenda de Vicente Araújo, à beira do Rio das Velhas, um imenso conjunto habitacional, dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida, que atrairia mais de 10 mil pessoas para aquela faixa de terra, num projeto que tinha o nome de Cidade Jardim.

Na semana passada, a Prefeitura enviou à Câmara Projeto de Lei revogando “a Lei nº 3.623, de 22 de dezembro de 2014, que ‘institui a operação urbana consorciada Cidade Jardim.’ Significa que, se a Câmara atender ao Executivo, o projeto que previa a construção dos prédios da Minha Casa, Minha Vida não existirá mais.

Enquanto isso, cresce o movimento para que a Lei de Uso e Ocupação do Solo sofra alterações, de forma a impedir que Santa Luzia continue a se expandir desordenadamente.

Leia também:
Expansão desordenada vai transtornar a vida do luziense e tornar SL ingovernável

A beleza de Luiza de Oliveira Carvalho

Amante de cavalos, Luiza é filha de Thaís Cunha e do saudoso Marco Aurélio Carvalho

A beleza de Luiza de Oliveira Carvalho nesta fotografia, ao lado de seu cavalo favorito, me fez escolhê-la como a imagem da Coluna do Luzias desta semana. Luiza é neta da nossa querida Clery de Oliveira Cunha e do adorável nonagenário Antônio Nonato. Viva Luiza!

“Revolucionar o sistema de saúde de Santa Luzia”? Que Deus ouça o Prefeito

O Prefeito Christiano Xavier na porta do Hospital, que ele promete entregar aos moradores no final do ano. Foto: site da Prefeitura

“Prefeitura anuncia reabertura do Hospital São João de Deus e pacote de obras que irão revolucionar o sistema de saúde municipal.” Este é o título do artigo publicado no site da Prefeitura de Santa Luzia, depois que o Prefeito Christiano Xavier anunciou, num grande ato político, na sede do Hospital, na sexta-feira, 28 de junho, a retomada de vez das obras de recuperação do HSJD, fechado há cinco anos. Em clima de festa, o Prefeito, trajando sua roupa de delegado da Polícia Civil, anunciou: “A reforma da estrutura do hospital deve ser iniciada na próxima semana e a conclusão das obras deve ocorrer até o final do ano.” E fez várias outras promessas que, se forem cumpridas, realmente vão melhorar muito o atendimento dado pela área de saúde à população.

Muita gente foi à sede do Hospital ouvir as promessas do Prefeito. Foto: site da Prefeitura

Veja o que Christiano Xavier prometeu implementar até o final do seu mandato, no final do ano que vem: obras de recuperação do Hospital São João de Deus;
Contratação de médicos especialistas para o Programa de Saúde da Família; Encaminhamento do Projeto de Lei de Plano de Cargos e Salários da saúde para Câmara Municipal;Projeto de Lei de Plano de Cargos e Salários da saúde para Câmara Municipal; Realização do concurso público para Agente Comunitário de Saúde – ACS e Agente Comunitário de Endemia – ACE; Plano de reforma de infraestrutura de 14 Unidades Básicas de Saúde da cidade; Construção de uma Unidade Básica de Saúde no bairro Monte Carlo.

E mais: Retorno da realização de Pequenas Cirurgias no Hospital Municipal Madalena Parrilo Calixto; Implantação do ambulatório de feridas no Hospital Municipal, que inclui coberturas especiais de curativos, como placas de hidrogel, e busca maior qualidade de vida para a população; Projeto Farmácia Zero Hora; Reforma da infraestrutura do Centro Odontológico Municipal; Implantação de um consultório odontológico no posto de saúde do Bom Destino; Aquisição do Castramóvel para o município; e construção de uma academia da saúde na Praça Catumbi, no bairro São Benedito.

Elzira faz palestra sobre Carolina Maria de Jesus

O livro, traduzido para mais uma dezenas de idiomas, revelou o horror da pobreza na favela, com a fome sempre rondando

Você que gosta de literatura e quer participar de um excelente programa cultural não pode perder a palestra sobre a escritora-catadora de papel Carolina Maria de Jesus que Elzira Divina Perpétua fará na terça-feira, 2 de julho, às 19h. Elzira é professora aposentada da Universidade de Ouro Preto, autora de “A vida escrita de Carolina Maria de Jesus”, um dos livros mais importantes sobra a escritora. Carolina escreveu o clássico “Quarto de Despejo – Diário de uma favelada”, traduzido para muitas linguas. A aguardada palestra será no Café Literário, do Minas Tênis Clube – Rua da Bahia, 2244, Belo Horizonte. É a própria Elzira quem faz o convite:

Leia também:
Livro de professora mineira sobre Carolina de Jesus: o melhor

ONG Solidariedade abre matrículas para vários cursos, inclusive inglês
A ONG Solidariedade todos juntos sempre, presidida por Rosa Werneck, informa que está com matrículas abertas para os seguintes cursos: inglês aos sábados, libras, também aos sábados, preparatório de redação para o Enem. Segundo a ONG, há outros cursos com as matrículas abertas.

Uma das salas da ONG Solidariedade, que atende pessoas de todas as idades

A sede da “Solidariedade todos juntos sempre” fica Rua Duque de Caxias, 70, no bairro Córrego das Calçadas! Criada há mais de um ano, graças aos esforços de Rosa e sua equipe, a ONG é um exemplo de sucesso da parceria – em favor da população – da iniciativa privada com a Igreja Católica, que cedeu as instalações para o funcionamento da Solidariedade. A ONG atende em Pinhões, onde atua com o apoio da Igreja Protestante.

Leia também:
ONG oferece cursos gratuitos e dá nova vida ao tão carente Córrego das Calçadas

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

1 Comentário