Parque Cerrado, na saída de SL, via Bicas, terá 12 condomínios e milhares de moradores

Parque Cerrado, na saída de SL, via Bicas, terá 12 condomínios e milhares de moradores
São dezenas de prédios que vão abrigar milhares de moradores, logo na saída de Santa Luzia, via Bicas. Foto: site Emccamp

Daqui a pouco, em fevereiro de 2022, quando for entregue o Residencial São Francisco, primeiro dos 12 condomínios que a Costrutora Emccamp (a mesma que quer dividir o terreno da fezenda de Vicente Araújo em quase 400 lotes) está erguendo ao lado do portal de Santa Luzia, em Bicas, os moradores da cidade terão enorme dificuldade para chegar a Belo Horizonte. Apresentado pelo site da empresa como “o primeiro bairro planejado de BH”, um conjunto habitacional do programa Minha Casa Minha Vida formado por dezenas de prédios, com quatro apartamentos por andar, nenhuma infraestrutura viária foi criada para dar vazão ao movimento dos milhares de residentes: há apenas uma entrada e uma saída do novo bairro, chamado de Parque Cerrado, pela Rodovia Camilo Teixeira da Costa, usada pelos que vivem em Santa Luzia para ir à capital.

O Parque Cerrado fica no município de Belo Horizonte, exatamente na divisa com Santa Luzia, e terá um impacto gigantesco no trânsito da região. Serão mais de 80 prédios de cinco andares, com quatro apartamentos por andar – alguns com dois, outros com três quartos. Ou seja, algo em torno de 1600 apartamentos. Imaginando três moradores em cada um deles, teremos mais de cinco mil pessoas. O que se questiona não é um empreendimento em si, mas a falta de investimentos em infraestrutura externa ao bairro, o que afetará diretamente Santa Luzia.

Deslocamento rápido(?)

Veja o que diz o site de vendas da Emccamp sobre a facilidade de mobilidade para o futuro morador do Parque Cerrado: “Graças a suas vias de escoamento rápido, com destaque para a MG-020 (com suas vias auxiliares), o deslocamento tanto para as regiões próximas quanto para os demais pontos da capital mineira é facilitado. Além disso, como o empreendimento está a 10 minutos da Estação São Gabriel, há um diferencial importante relacionado ao transporte público: o fácil deslocamento por metrô e várias linhas de ônibus.” Uma verdadeira peça de propaganda.

“O Parque Cerrado, em frente ao Bairro Monte Azul na saída pra Santa Luzia. será um bairro planejado, com vários empreendimentos, Área Comercial construída pela própria construtora, áreas destinadas Centro de Saúde e Educação e Esportes! Apartamentos com 02 ou 03 quartos, sala, banho social, cozinha e área de serviço. Prestações a partir de R$429,” acrescenta a peça publicitária.

Quase tudo vendido

Quem sai de Santa Luzia para Belo Horizonte, assim que cruza o portal, vê, à esquerda, as obras de uma unidade do supermercado BH já em fase de conclusão, que vai servir aos moradores do Parque Cerrado. Se levantar um pouco mais os olhos, verá alguns dos oito prédios do Residencial São Francisco, que estará pronto para morar em fevereiro. Segundo um corretor que trabalha no amplo centro de vendas instalado pela Emccamp no lado oposto da via, em frente ao novo bairro, 80% de todos os imóveis já foram vendidos.” E já não há unidades para venda no São Francisco.

Como o próprio vídeo produzido pela Emccamp afirma, o Parque Cerrado “será o maior empreendimento do Minha Casa Minha Vida em Belo Horizonte.” Assistindo o vídeo parece que a Emccamp criou um paraíso.

Veja:

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *