Sem casos graves na cidade, Prefeito anuncia flexibilização do comércio na 2ª

Sem casos graves na cidade, Prefeito anuncia flexibilização do comércio na 2ª
Lojas fechadas na Rua do Comércio, no bairro da Ponte

Luzias

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, caiu o número de casos suspeitos do novo coronavírus em Santa Luzia. De acordo com informações da Secretaria Estadual da Saúde, a cidade registra nesta quinta-feira(23) 643 casos suspeitos de contaminação. O médico Celso Frederico, um dos diretores do Hospital de São João de Deus, conversou com o Luzias e confirmou que há na cidade seis pacientes com a doença. Nenhum dos casos é complicado, adiantou ele, e todos estão se tratando em suas próprias casas.

“Eu gostaria de estar errado. Mas temo que o pior dessa pandemia esteja por vir. As previsões são de que nos próximos 15 a 20 dias a situação vai se agravar”, alerta ele. À frente de uma equipe que tem trabalhado com afinco para preparar o município para o possível aumento dos casos da covid-19, Dr. Celso afirma que, no momento,com as medidas tomadas pela Prefeitura Municipal, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, a situação na cidade “está tranquila.”

Flexibilização do comércio a partir de Segunda-feira
Confiante em que a situação não sairá do controle, se mantidas todas as normas de segurança em vigor, o Prefeito Christiano Xavier anunciou nesta quinta-feira que pretende “flexibilizar o comércio na cidade” a partir da próxima segunda-feira(27). Em um post em sua página no Facebook, Christiano Xavier justifica:

“Com reabertura do Hospital São João de Deus com 50 leitos para COVID-19, EPIs adquiridos e já em fabricação pela própria Prefeitura, containers e tendas externas para atendimentos na UPA e Pronto Atendimento da Sede, e todas as demais medidas e treinamentos dos funcionários e o uso maciço de máscaras pela população, é chegada a hora de uma flexibilização controlada do comércio e trabalhar o enfrentamento à pandemia junto com a manutenção dos empregos e renda na cidade, mantendo todos os cuidados necessários.”

O prefeito afirmou que “algumas medidas ainda mais rigorosas serão impostas à população de risco, na qual inclui os idosos, diabéticos e outros grupos mais fragilizados. Entre as medidas estudadas está a suspensão da gratuidade para idosos no transporte coletivo durante os horários de pico e a manutenção do isolamento social desses grupos.”
Clique aqui para ler a íntegra do texto.

Compra de respiradores mecânicos
O Hospital de São João de Deus, cujas dependências foram transformadas em hospital de campanha, tem 50 leitos para atender possíveis pacientes com a covid-19. Mas até o momento nenhum deles está ocupado.

Dr. Celso conta que o hospital tinha apenas três respiradores mecânicos. “Inicialmente, compramos mais três. E, nesse momento, estamos negociando para adquirir outros três. Serão nove ao todo”, diz ele, referindo-se ao aparelho usado em pacientes mais graves.

Apesar da situação calma em Santa Luzia, o fato de a pandemia ainda não ter atingido seu pico preocupa muito o diretor do Hospital de São João de Deus. Para ele, as próximas três semanas serão cruciais. “Se eu pudesse, não estaria aqui trabalhando. Estaria em casa me protegendo do novo coronavírus. Eu torço para estar errado, mas tenho um certo temor do que pode vir.”

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply