Fatos que fazem a História de São Benedito

Fatos que fazem  a História de São Benedito
Bairro, que surgiu nos anos de 1950, é cortado pela Av. Brasília - vista do alto

Este é um trabalho muito bom feito pelo site Cidade Santa Luzia: relaciona 50 fatos sobre o distrito de São Benedito, que está completando em 2018 64 anos de existência. São Benedito era uma região de fazendas, principalmente da família Lara. O bairro foi criado em 1954, mas no final da década de 1940 a área já havia começado a ser habitada. Veja a seguir os dados sobre esta importante parte de Santa Luzia:

1 – São Benedito é um distrito do município de Santa Luzia, Minas Gerais.

2 – Criação do distrito: criado pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962.

3 – Tem em torno de 140 mil habitantes, de acordo com o Censo 2010, quase duas vezes mais que Santa Luzia.

4 – De acordo com os arquivos cartograficos do Plano Diretor de 2005 o Distrito de São Benedito tem cerca de 40 quilômetros quadrados.

5 – O bairro São Benedito, que dá o nome ao distrito foi o primeiro bairro a ser criado no distrito, em 1954.

6 – O segundo bairro a ser criado foi o bairro São Cosme, em 1955.

Em termos de população, o distrito de São Bené é bem maior do que a parte mais antiga de Santa Luzia

7 – Depois da implantação da Cidade Administrativa de Minas Gerais, nas proximidades do distrito, alguns imóveis valorizaram cerca de 2400%.

8 – A Avenida Brasília tem 6,5 quilômetros, do Portal até o bairro Monte Carlo, onde termina.

9 – Com o intuito de buscar renda, os moradores do Palmital, se organizaram e formaram na Praça Alexandre Finamore França (mais conhecida com Praça da Savassi) a “FEIRINHA DA SAVASSI” que funciona a mais de 25 anos, em um local estratégico do bairro, com várias barracas e inúmeros produtos como: artesanato, calçados, flores, bijuterias, vestuário, bordados, hortaliças oferecidas por pequenos produtores, consertos de eletros, e ainda apresentações de grupos de capoeira, dança e música, todos pertencentes a própria comunidade.

10 – A Feirinha da Savassi concentra todos os domingos em torno de 10.000 pessoas no horário de 07:00 ás 14:00h.

11 – O projeto de implantação do Conjunto Habitacional Cristina possuia cerca de 4 mil moradias, no Palmital a quantidade foi um pouco maior, cerca de 4.200 moradias.

12 – Considerando em média 5 habitantes por moradia, cada conjunto teria mais de 20 mil habitantes cada.

13 – São Benedito recebeu o primeiro Terminal BRT da cidade, inaugurado em setembro de 2016:

14 – O Conjunto Cristina foi inaugurado em julho de 1981, mesmo antes de terminar as obras da primeira fase. A solenidade de inauguração contou com a presença, dentre outros, do governador estadual Francelino Pereira.

15 – As primeiras escolas do Conjunto Cristina foram improvisadas pela prefeitura municipal nos galpões de obras deixados pelas empreiteiras.

16 – Por muitos anos os moradores do distrito permaneceram votando em Belo Horizonte, cidade origem da maior parte dos habitantes.

17 – O nome real do Palmital é Conjunto Habitacional Maria Antonieta Mello Azevedo.

18 – Os tipos de moradias do Palmital foram direcionados a atender uma população com um perfil social inferior aos mutuários do conjunto Cristina.

19 – A setorização popular atual do bairro Palmital o divide em Palmital A, que engloba os setores 6 e 7, e Palmital B.

Apesar de situado no bairro de Bicas, o Megaspace pertence a São Benedito

20 – O Setor 6 é formado por uma área parcelada no alto de um morro e o Setor 7 corresponde ao vale “escondido” por trás deste morro. Devido às características topográficas, que isolam essa região do restante do bairro, unidas ao estigma de pobreza e violência que se caracterizou naquela área, a parte baixa (Setor 7) é chamada popularmente de Caldeirão do Inferno e a parte alta (Setor 6) recebe a denominação de Tampa do Caldeirão.

21 – Devido as fortes chuvas no início dos anos 80, moradores de favelas de Belo Horizonte foram direcionados a moradias no Conjunto Palmital.

22 – Existem mais de 6 mil moradias em favelas ou vilas no distrito de São Benedito, se considerar a que em cada more 4 pessoas teriamos mais de 24 mil pessoas morando em áreas de favelas em São Benedito.

23 – Apesar de estar no bairro Bicas, o Mega Space faz parte do Distrito de São Benedito, assim como a Serta e a Roca (Celite) também fazem parte.

24 – Os bairros Vale das Acácias e Gameleira também fazem parte de São Benedito, mesmo estando mais proxímas de Santa Luzia.

25 – Apesar de ter diversas áreas verdes reservadas, o distrito não possui nenhum parque ecológico.

O Bairro se expandiu rapidamente, com gente de todas as partes do país

26 – Dos 93.344 moradores de São Benedito em 1991, 68.016 eram migrantes, o que corresponde a 73% da população. São tidas como migrantes as pessoas que não nasceram no município, ou que nasceram no município, mas que mudaram de município e depois retornaram.

27 – Entre os migrantes, 47.352 moravam no município havia menos de 10 anos, o que revela que 51% do total de moradores de São Benedito em 1991 mudou-se (ou retornou) para o município na década de oitenta. Entre estes, 70% vieram de Belo Horizonte (33.118 pessoas) e cerca de 7% de demais municípios da RMBH (Contagem (1430 pessoas), Ribeirão das Neves (772 pessoas), Sabará (260 pessoas) e Vespasiano (210 pessoas)).

28 – O povoado de Ribeirão da Mata, na divisa com Vespasiano e Lagoa Santa, também faz parte de São Benedito.

29 – O bairro Monte Carlo não faz parte de São Benedito.

30 – Se considerar toda a área do distrito existem cerca de 3 mil pessoas por quilômetro quadrado. Se considerar apenas a area urbanizada são mais de 7000.

31 – Fortes chuvas em novembro de 1981 destruiram diversas ruas do Conjunto Cristina, inclusive com transbordamento do canal.

32 – Diversas casas foram inundadas no Conjunto Cristina, deixando-as em situação precária. No bairro São Benedito onde também houve inundação uma e uma criança acabou morrendo.

33 – Há cerca de 1000 famílias morando na Vila das Antenas, invasão de uma faixa de terra sob domínio da Cemig por onde passam redes de alta tensão, no Bairro Palmital.

Conjunto habitacional sendo construído no Palmital em 1983 – site Cidade Santa Luzia

34 – Depois dos bairro São Benedito e São Cosme, novos bairros só foram aprovados 20 anos depois, bairro Londrina em 1975, Azteca em 1976, Baronesa em 1977, e Duquesa I e II, em 1981 e 1983.

35 – O distrito três loteamentos especiais, com grandes lotes, para instalação de chácaras e sítios: Chácaras Santa Inês, Chácaras Del Rey e Chácaras Gervásio Lara.

36 – Antes de se abrir os loteamentos no São Benedito, existiam diversas fazendas no local, sendo as principais Fazenda da Baronesa e Fazenda Lagoa Vermelha.

37 – O nome “Palmital” é anterior ao conjunto que recebeu Palmital de apelido, um mapa de 1936 diz que parte da região se chamava Serra do Palmital.

38 – O Córrego Poderoso se chamava Córrego Palmital.

39 – A avenida Brasília é um grande shopping a céu aberto, com diversas lojas de redes nacionais, além das que nasceram aqui.

40 – No bairro Baronesa, as ruas ganharam nomes de países como, Hungria, Austrália, Líbano, e as avenidas nomes de continentes, como Oceânia, África.

41 – A maioria dos nomes das ruas dos bairros São Benedito e São Cosme receberam nomes indígenas.

42 – São Benedito às vezes se confunde com Belo Horizonte. Em algumas ruas é quase impossível saber em qual município você está!

43 – Os bairros mais novos do distrito são o Liberdade e o Pérola Negra.

A Avenida Brasília, a principal de São Benedito :um grande shopping a céu aberto

44 – O principal curso d’água do distrito é o Ribeirão Baronesa, que acompanha parte da Avenida Brasília.

45 – Mesmo com o predomínio do comércio no distrito, existem algumas atividades industriais nele, sendo a mais expressiva a fábrica do Café Três Corações.

46 – Carinhosamente chamado de São Bené.

47 – Foi implantado na Avenida Brasília o primeiro estacionamento rotativo da cidade.

48 – Fica a 10 quilômetros do centro histórico de Santa Luzia, e a 18 quilômetros do centro de BH, que as vezes parece estar mais perto.

49 – Muitos moradores do distrito nunca foram na parte histórica de Santa Luzia.

50 – O portal Cidade Santa Luzia também faz parte do distrito São Benedito!

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply