Outro prêmio vem realçar a importância do trabalho do jornalista Gustavo Werneck

Outro prêmio vem realçar a importância do trabalho do jornalista Gustavo Werneck
Gustavo recebeu medalha das mãos do Procurador de Justiça Jackson Rafael Campomizzi (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press Brasil)

Gabriel Ronan, Estado de Minas

A noite foi de homenagens no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) nesta terça-feira durante a entrega da Medalha do Mérito do Ministério Público – Promotor de Justiça Francisco José Lins do Rego Santos. Neste ano, o órgão fez questão de premiar a diversidade, convocando representantes do movimento negro, da educação, do jornalismo, da música, do direito e de órgãos públicos aliados ao trabalho do MPMG, como o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e a Polícia Militar. A heterogeneidade foi vista também na banda Abre a Roda – Mulheres no Choro, pertencente ao gênero chorinho, historicamente dominado pelos homens.

“Este evento representa a interação do Ministério Público com outras instituições e a sociedade de modo geral. Nós temos todo um conjunto de parceiros que trabalhamos no dia-dia. É o elo que existe entre o MP e o cidadão” destacou o Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet.

Entre os homenageados com a comenda esteve o repórter do Estado de Minas, Gustavo Werneck. Ele conquistou a honraria graças aos serviços prestados ao jornalismo mineiro e brasileiro, por meio de pautas ligadas ao patrimônio histórico e cultural e à religião. Clique aqui para ler o restante da matéria.

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply