Moradora de Santa Luzia solta a voz e faz jurado chorar no programa The Voice Brasil+

Moradora de Santa Luzia solta a voz e faz jurado chorar no programa The Voice Brasil+
Lucinha Bosco, 76, diz que nasceu em BH e mora em Santa Luzia há 33 anos. Foto: Internet

O Luzias obteve a informação que Lucinha Bosco é moradora de Vila Olga. Mora há 33 anos em Santa Luzia, segundo ela própria. No site do Almanaque do Samba, há um pequeno perfil dela.. Entre os dados da cantora, que estourou neste domingo(30) no The Voice Brasil+, o site divulga que ela se apresentou pela primeira vez em um programa de calouros da Radio Inconfidência. Mais tarde, “fez uma temporada de 18 meses no Hotel Trocadeiro, no Rio de Janeiro. Representou o Brasil na Pensilvânia, nos Estado Unidos, por sete meses e também esteve no Japão, por três meses. Ao todo, são 48 anos dedicados à música. Há uma década, Lucinha Bosco participa da Velha Guarda do Samba de Belo Horizonte.”

O portal G1 publicou matéria hoje, dizendo que o jurado Toni Garrido chorou ao ouvir a interpretação de Lucinha Bosco de “Pedacinhos do Céu.”

Veja:

The Voice + voltou ao ar seguindo a tradição da primeira temporada de trazer histórias emocionantes para o público. No programa deste domingo, um dos técnicos não conseguiu conter as lágrimas. O cantor Toni Garrido ficou muito emocionado com a apresentação da participante Lucinha Bosco, que interpretou o chorinho “Pedacinhos do Céu”.

Muito emocionado, o vocalista da Cidade Negra disse que a presença de Lucinha fez com que ele se recordasse de sua irmã, uma figura fundamental em sua trajetória pessoal na música.

Assista ao momento no vídeo abaixo, após a apresentação de Lucinha Bosco:

Mas é claro que Toni também estava muito impressionado com o talento da cantora mineira de 76 anos e fez questão de deixar claro o porquê de ter virado a cadeira para ela. “Eu bati [o botão para virar a cadeira] porque você me impressionou pela sua voz, pelo seu registro agudo, forte, muito doce, mas ao mesmo tempo duro. Quando eu virei eu falei: ‘Assim é [que se canta] lá em casa!’. Então eu estou emocionado em função dessas duas coisas.”

Natural da cidade de Belo Horionte, Lucinha Bosco se mudou para o Rio de Janeiro no ano de 1974 acompanhada de seu noivo na época, que era baterista. Na Cidade Maravilhosa, Lucinha passou a se apresentar em hotéis, onde chamou a atenção de produtores. Ela chegou a receber convites para cantar nos Estados Unidos, onde morou por quase dois anos.

Além de Toni, Ludmilla e Fafá de Belém viraram a carreira para Lucinha, mas depois de tanta emoção a participante escolheu como técnico o vocalista da Cidade Negra. Não tinha como ser diferente.

Veja Lucianha Bosco cantando, há cinco anos, no Mineirão lotado:

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

2 Comentários

  • Marcia Duarte Lage
    30 de janeiro de 2022, 22:43

    Bela e rápida pesquisa. Como é que uma cantora tão maravilhosa estava tão escondida em Santa Luzia? Tomara que ganhe o prémio do The Voice Mais e seja reconhecida, ainda que tarde. Como tudo em Minas. Até a bandeira.

    RESPONDA
  • Rose Foizer
    31 de janeiro de 2022, 18:58

    Magistral !!! Que voz !!! Ganhou meu coração!!

    RESPONDA