Em SL, Prefeitura torna obrigatório uso de máscara e parte do hospital foi reaberta

Em SL, Prefeitura torna obrigatório uso de máscara e parte do hospital foi reaberta
O Hospital vai atender apenas pacientes com o novo coronavírus. Foto: Luzias

Luzias

No mesmo dia em que o Hospital de São João de Deus teve parte de suas dependências abertas para atender pessoas infectadas com o novo coronavírus – Covid 19, a Prefeitura publicou nesta segunda-feira(13) um decreto tornando obrigatório o uso de máscaras em Santa Luzia a partir de sexta-feira(17). As duas medidas – o hospital conta com 50 leitos – fazem parte do esforço do executivo luziense para conter o avanço do novo coronavírus na cidade. Santa Luzia já tem três confirmações da covid-19 e 748 casos suspeitos.

Pelo decreto, ninguém poderá utilizar o transporte público ou entrar em qualquer estabelecimento comercial se não estiver de máscara. “Os estabelecimentos que continuam em funcionamento devem exigir que seus funcionários usem a máscara e somente permitir a entrada de cliente utilizando o equipamento de proteção, sob pena de terem seus alvarás de funcionamento suspensos,” determina o decreto, que estende a obrigatoriedade aos “profissionais que fazem entregas em domicílio, taxistas, motoristas de aplicativo, mototaxistas, motoristas de transporte coletivo, entre outros.”

Servidores da Prefeitura também deverão usar as máscaras e aqueles que não tiverem condições de providenciar, devem fazer um requerimento à chefia direta.

Cenário na porta de uma casa lotérica na parte alta de Santa Luzia: pessoas muito perto umas das outras. Foto: Luzias

Orientação é para usar máscaras caseiras
De acordo com o texto divulgado pela Prefeitura, “os cidadãos que forem encontrados nas ruas sem o item ainda não existe uma penalização, embora essa alternativa esteja sendo estudada. Porém, estas pessoas estarão impossibilitadas de usarem transporte público, além de padarias, supermercados, açougues, bancos, já que estes poderão ter os alvarás de funcionamento suspensos caso sejam encontrados clientes dentro dos estabelecimentos sem a devida proteção.

A recomendação da Prefeitura é para que as pessoas façam opção por máscaras caseiras, até porque é impossível encontrar qualquer tipo de máscaras em farmácias e drogarias da cidade. “O ideal é que cada pessoa tenha de duas a três máscaras para que seja feita a higienização adequada. Elas podem ser feitas de algodão, tricoline, cotton, TNT, e outros materiais.”

Por último, a Prefeitura informa que a medida estará em vigor enquanto durar a situação de emergência na saúde.

Hospital já em funcionamento

São 50 camas para atender pacientes infectados com o novo coronavírus. Foto: Site da Prefeitua

A abertura de parte do hospital ocorreu esta manhã. Até a tarde, não havia chegado pacientes. A parte onde estão instalados os leitos fica separada do prédio, pois as obras no hospital continuarão até que possa funcionar em sua totalidade. A data para isso ainda não foi determinada.

“Com toda parte estrutural revitalizada, o HSJD conta hoje com uma nova estrutura elétrica e hidráulica, telhado completamente restaurado e adequação para receber os mais modernos equipamentos na área de saúde”, afirma a Prefeitura. Nesta semana, o laboratório que fica na entrada do hospital também estará aberto e vai atender não só ao hospital, mas também o público externo, através de convênio médico e particular.

A Secretária Municipal de Saúde, Nádia Cristina Duarte Tomé faz questão de ressaltar que o Hospital São João de Deus ainda não está fazendo atendimento ao público em geral. Atenderá apenas encaminhamentos feitos pela UPA São Benedito ou pelo Hospital Municipal Madalena Parrillo Calixto.

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

1 Comentário

  • Nenez
    14 de abril de 2020, 07:21

    Ótimo!!!

    RESPONDA