Santa Luzia: eleições outra vez na berlinda

Santa Luzia: eleições outra vez na berlinda
Fernando César, do PRB, vice-prefeito, eleito na chapa com Roseli, renunciou - Foto: Virou Notícia

Mais uma jogada do vice-prefeito Fernando César de Almeida Nunes Resende Vieira faz com que as eleições municipais em Santa Luzia voltem a ser um ponto de interrogação. O vice, eleito na chapa com Roseli Pimentel em 2016, protocolou na Câmara Municipal nesta quinta-feira, 19 de abril, o seu pedido de renúncia. Com isso, ele consegue manter seus direitos políticos (se sofresse impeachment, ficaria inelegível), podendo se candidatar nas próximas eleições, e dá ao prefeito Sandro Coelho a oportunidade de entrar com o pedido no TSE, em Brasília, para manter-se no cargo até que sejam julgadas cinco ações principais.

O ofício protocolado na Câmara Municipal nesta quinta-feira – Do Virou Notícia

Foram estas cinco ações principais que cassaram o mandato de Roseli e Fernando. Como o TRE/MG, ao contrário do que fez com Roseli, cassou apenas o mandato de Fernando, mas não os direitos políticos, os advogados do vice entraram com outras cinco ações cautelares, ou secundárias, em Brasília, solicitando que Fernando César fosse conduzido ao cargo de Prefeito. Com a renúncia, estas ações perderam o efeito. E Sandro Coelho fica livre para tentar, através de um pedido ao TSE, se segurar no cargo de Prefeito interino pelo maior tempo possível. Se isso realmente acontecer, ninguém sabe quando serão realizadas eleições em Santa Luzia.

Faltou grandeza

De acordo com o professor Abraão Gracco, autor do pedido de impeachment contra a chapa Roseli/Fernando, o processo que a Câmara Municipal vem levando adiante para cassar a prefeita e o vice não sofrerá interrupção com o pedido de renúncia. Apenas o nome de Fernando César será retirado da ação, que prosseguirá e deve resultar na cassação da prefeita no final de maio. Mas ele admite que, agora, “o cenário político de Santa Luzia voltou a ficar turvo.”

O vice na época das eleições de 2016

O professor Abraão lembra que Fernando César é totalmente desconhecido da população de Santa Luzia – “Entrou no ostracismo e vai sair no ostracismo.” E comenta que, num momento delicado da vida política da cidade, mais do que nunca necessitada de eleições, “faltou grandeza ao vice”, que pensou apenas em si mesmo. E arrematou: “Fernando César não está à altura de Santa Luzia.”

Leia também:

Santa Luzia poderá ter eleições em agosto

Prefeito diz que Hospital de São João de Deus permancerá de portas fechadas

Hospital de São João de Deus contesta o prefeito

Deixe um comentário

Mantemos a privacidade de seu e-mail. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply